Telma Miranda

Young woman with a wine glass - Octave Tassaert (1800/1874)


Vinho

A taça foi brilhante e rara,
mas o vinho de que bebi
com os meus olhos postos em ti,
era de total amargura.

Desde essa hora antiga e preclara,
insensivelmente desci,
e em meu pensamento senti
o desgosto de ser criatura.

Eu sou de essência etérea e clara:
no entanto, desde que te vi,
como que desapareci...
Rondo triste, à minha procura.

A taça foi brilhante e rara:
mas, com certeza enlouqueci.
E desse vinho que bebi
se originou minha loucura.

Cecília Meireles (1901/1964)


Vinho e poesia: inevitavelmente pensamos em Omar Khayyam (poeta persa do séc. XI). Seus versos remetem ao vinho e ao amor - que deve ser vivido hoje. Apenas hoje. Pois tudo é sempre e somente provisório.

"Como o rio, ou como o vento,
vão passando os dias.
Há dois dias que me são indiferentes:
O que foi ontem, o que virá amanhã."

Se nada sabes, e tudo o que tem é hoje, diz o poeta, resta apenas o vinho:

"Homem ingênuo, pensas que és sábio
e estás sufocado entre os dois infinitos
do passado e do futuro. Não podes sair.
Bebe, e esquece a tua impotência."


"Ouço dizer que os amantes
Do vinho vão para o inferno.
Não há verdades na vida,
mas há evidentes mentiras.
Se porventura os amantes
Do amor e do vinho vão
Para o inferno, então vazio
Deve estar o paraíso".

"Não vamos falar agora, dá-me vinho. Nesta noite
a tua boca é a mais linda rosa, e me basta.
Dá-me vinho, e que seja vermelho como os teus lábios;
o meu remorso será leve como os teus cabelos."

<> <> <> <>

Pensamos também em Baudelaire (poeta francês do séc. XIX), em seu famoso poema, do qual um fragmento foi retirado e é muito divulgado como "citação":

"É preciso estar sempre embriagado. Aí está: eis a única questão. Para não sentirem o fardo horrível do Tempo que verga e inclina para a terra, é preciso que se embriaguem sem descanso.
Com quê? Com vinho, poesia ou virtude, a escolher. Mas embriaguem-se."

<> <> <> <>

Bom, se tudo que temos é apenas este fim de tarde, então...
Andiamo! Uma garrafa de vinho!
É tudo que precisamos. Qualquer uma.
Mas...parece que falta algo. O quê?
Seguindo uma outra "citação":

"Para o vinho ter gosto de vinho, deve ser tomado com um amigo"

Saúde!

Marcadores: |
1 Response
  1. Não é a toa que os médicos recomendam pelo menos um taça de vinho tinto por dia...uma dose de vinho para cada tempo presente vivido, para alongar a sua estada na Terra...
    Não é a toa que todos os poetas, sem exceção, sofrem de uma especie de torpor alcoolico e bebem, mesmo quando o vinho não parece estar à mesa.
    A poesia é o resultado desse delirio de embriaguez...
    lindo post. adorei...vinho é o meu forte tb, devo confessar que é a única bebida alcoolica sem a qual não fico...


Postar um comentário