Telma Miranda
Janeiro



Um cavaleiro de copas sorri
memórias de temporais
nas mãos um barco
no peito um entardecer


nos olhos um cisco
que teima em
não se desfazer...


Telma Miranda
Marcadores: , |
1 Response
  1. Ah, belo cisco que enternece os olhos da alma e aquece o coração.
    bjs
    Carlos Eduardo


Postar um comentário