Telma Miranda



Como há de suportar
este silêncio,
mais mineral
que a pedra,
mais glacial
que o gelo,
mais sideral
que a estrela?

Como há de suportar
este silêncio
ermo e
sombrio,
este silêncio,
que é mais
que silêncio,
espanto e
loucura,
esse
grave
silêncio de Deus?

Marco Lucchesi
Marcadores: |
3 Responses
  1. Querida Telma, que delícia passear por seus escritos!! Meus parabéns, o seu blog está belíssimo!! Virei mais vezes. Beijos recheados de afeto.


  2. Olá, Vania. Saudade de nossas trocas. Beijos, sempre com afeto. Telma.


  3. Telma,
    Marco é sempre denso, generoso e elegante em suas palavras. Linda e triste relação com a foto que emociona no 'silêncio de Deus'.
    Um bj
    Carlos Eduardo


Postar um comentário